Carteira de habilitação deve ficar até 70% mais cara em 2018

O valor do processo para se tornar um motorista habilitado no Piauí pode ficar até 70% mais caro em 2018. Isso por que uma determinação do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) vai obrigar as auto escolas a utilizar simuladores de direção veicular e equipamentos de telemetria, uma tecnologia que fotografa os alunos durante as aulas práticas.
O alto custo para a compra destes equipamentos deve encarecer o processo. No Piauí, atualmente o processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação custa em média R$ 1200. Com o aumento, o valor do processo pode chegar à R$ 2600.
Por conta da notícia, o movimento nas autoescolas do Piauí aumentou. Candidatos tentam aproveitar os últimos dias do ano para iniciar o processo, antes da chegada do reajuste. Quem é dono de autoescola se preocupa com uma possível queda na procura no inicio do ano.
“A gente está procurando a melhor forma, para que não seja um repasse tão alto. Por que a gente vê que uma habilitação no préço médio de R$ 1000, fora as taxas do Detran, já não é barato para um candidato assalariado”, disse o empresário Carlos Eduardo Magalhães, dono de uma autoescola.
O Sindicato das Autoescolas do Piauí (Sindapi) não concorda com a exigência dos novos equipamentos. A medida já foi suspensa no estado, mas dessa vez deve começar a valer em janeiro de 2018. “É uma resolução do próprio Contran (Conselho Nacional de Trânsito), e nós vamos ter simplesmente que nos adequar”, disse Everaldo Lima, o presidente do Sindapi.

0 Comentario "Carteira de habilitação deve ficar até 70% mais cara em 2018"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial