Três prefeitos do Piauí não pagaram parcelas do Seguro Safra

O que tem em comum as prefeitas de Esperantina e Luzilândia e o prefeito de Barras? Os três gestores estão inadimplentes com o Seguro Safra e não pagaram uma parcela, sequer, das seis previstas. 

Vilma Amorim, Ema Flora e Edilson Capote

Em Esperantina são 1.192 agricultores que ficarão sem cobertura, em Barras 948 e Luzilândia 589. O Seguro Safra (programa desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e, no Piauí, executado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural – SDR) é formado por um fundo onde o agricultor paga a taxa anual de R$ 14,90, o município contribui com R$ 44,65, o Governo do Estado paga R$ 89,25 e a União participa com R$ 297,50, anualmente, por cada agricultor que adere ao programa.

 O agricultor recebe do benefício R$ 850, divididos em cinco parcelas, e cada produtor rural recebe seu benefício direto na sua conta pessoal. 

Fonte: GP1

0 Comentario "Três prefeitos do Piauí não pagaram parcelas do Seguro Safra"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial